in

Espanha x França: grandes jogos na história

Por Guilherme Diniz

Rivais nas semifinais da Eurocopa de 2024, Espanha e França possuem um histórico de decisões e grandes confrontos ao longo das décadas. Embora a Espanha tenha vantagem no retrospecto, com 17 vitórias, 7 empates e 13 derrotas, mais goleadas e mais gols marcados, a França foi quem venceu os principais jogos oficiais até hoje, incluindo duas finais continentais – Euro de 1984 e Nations League de 2021. Confira a seguir os principais duelos entre essas seleções!

França 2×0 Espanha  – Final da Eurocopa de 1984

O primeiro grande jogo oficial entre a dupla aconteceu logo em uma final europeia, em 1984, em Paris. A França, com Michel Platini vivendo a melhor fase da carreira, confirmou o favoritismo e, após um primeiro tempo sem gols, se impôs na segunda etapa com o maestro francês abrindo o placar em cobrança de falta, que contou com a ajuda do goleiro Arconada, que levou um frangaço. Perto do final do jogo, Bellone marcou o gol do título e decretou os 2 a 0, resultado que deu o primeiro título europeu aos Bleus. A conquista serviu para apagar o drama vivido na Copa de 1982, quando a França foi eliminada pela Alemanha na “Injustiça de Sevilha”. Leia mais clicando aqui!

França 1×1 Espanha – Grupo B da Eurocopa de 1996

Após os duelos pelas Eliminatórias da Euro de 1992, quando a França venceu ambas as partidas, a dupla se reencontrou na fase de grupos da Euro de 1996, na Inglaterra. A equipe azul já era comandada por Aimé Jacquet e tinha alguns jogadores que iriam formar o grupo campeão do mundo em 1998 como Desailly, Blanc, Lizarazu, Deschamps, Karembeu, Zidane e Djorkaeff, além de Dugarry e Thuram, reservas naquela partida. Já a Espanha era comandada por Javier Clemente e tinha como destaques o veterano goleiro Zubizarreta, o defensor Abelardo, o craque Hierro, e o atacante Luis Enrique. A França abriu o placar com Djorkaeff, aos 48’, e segurou a vitória até os 85’, quando Caminero empatou. Ambas as equipes se classificaram para a fase final, mas os Bleus foram eliminados pela República Tcheca, nas semis, e os espanhóis caíram diante da Inglaterra, nas quartas.

França 2×1 Espanha – Quartas de final da Eurocopa de 2000

Guardiola e Zidane no duelo de 2000.
 

Com um timaço, campeã do mundo e implacável, a França encarou a Espanha em mais uma Eurocopa e disposta a confirmar o favoritismo absoluto que tinha na época. Zidane abriu o placar aos 32’, mas Mendieta, craque do Valencia, empatou seis minutos depois. No final do primeiro tempo, a França fez 2 a 1 com Djorkaeff, carrasco espanhol e autor de um gol no duelo lá de 1996. A vitória classificou os franceses para as semifinais, quando os Bleus eliminaram Portugal com vitória por 2 a 1 na prorrogação, em Gol de Ouro anotado por Zidane, de pênalti. 

Na final, a França encarou a forte Itália de Del Piero, Totti, Maldini, Nesta, Cannavaro e companhia e perdia por 1 a 0 até os 48’ do segundo tempo, quando Wiltord empatou e forçou a prorrogação. Nela, a equipe francesa aproveitou a fragilidade emocional dos italianos – que viram a taça escapar dos dedos por segundos – e Trezeguet fez o Gol de Ouro que garantiu o título europeu dos Bleus, o segundo na história da seleção. Leia mais clicando aqui!

França 3×1 Espanha – Oitavas de final da Copa do Mundo da FIFA de 2006

Foto: Alamy
 

Em outro jogo de peso, pela primeira vez em um Mundial, a França não tomou conhecimento de uma forte Espanha que tinha Casillas, Sergio Ramos, Puyol, Fàbregas, Xabi Alonso, Xavi, Villa, Fernando Torres e Raúl (vários dos jogadores que seriam campeões do mundo em 2010) e se impôs para vencer os vizinhos. E de virada! Após Villa abrir o placar de pênalti, aos 28’, Ribéry empatou logo aos 41’ e inflou os franceses para a virada, que tomou forma no segundo tempo, em gol de Vieira, aos 83’. Já nos acréscimos, Zidane mostrou sua classe para marcar um golaço e decretar a vitória por 3 a 1 que classificou os Bleus para as quartas de final. Nela, a equipe despachou o Brasil com um histórico 1 a 0, eliminou Portugal nas semis, mas perdeu a final nos pênaltis para a Itália.

Espanha 2×0 França – Quartas de final da Eurocopa de 2012

Foto: AFP/Getty Images
 

Demorou, mas enfim a Espanha venceu a França em uma partida oficial! Campeã europeia em 2008 e do mundo em 2010, a Fúria era a maior seleção do planeta na época e reforçou tal condição diante de uma França em reconstrução após o fiasco na Copa de 2010. O grande nome do jogo foi o meio-campista Xabi Alonso, no auge da forma e com um entrosamento perfeito com seus companheiros de seleção. O craque foi um virtuose no meio de campo, deu passes, iniciou ataques e marcou dois gols na vitória por 2 a 0, justamente quando ele completou 100 jogos pela Fúria na carreira. A Espanha eliminou Portugal na semifinal e, na final, atropelou a Itália com uma goleada de 4 a 0, resultado que deu o tricampeonato à Fúria. Leia mais clicando aqui!

França 2×1 Espanha – Final da Nations League de 2021

Foto: Isabella Bonotto/Anadolu Agency via Getty Images
 

Em mais uma decisão continental entre a dupla, dessa vez na Nations League, a França, então campeã do mundo, confirmou que a decepção na Eurocopa de 2020, quando foi eliminada pela Suíça precocemente, havia ficado para trás. Com a base de 2018 e novos nomes como Koundé, Tchouaméni e Benzema, os Bleus demonstraram experiência e superação diante da jovem Espanha, comandada por Luis Enrique e com nomes como Unai Simón, Laporte, Gavi, Rodri, Busquets e Ferran Torres, para virar o jogo e ficar com o título. Após um primeiro tempo sem gols, Oyarzabal fez 1 a 0 para a Fúria, aos 64’, mas Benzema empatou dois minutos depois. Aos 80’, Mbappé provou sua estrela e fechou a vitória por 2 a 1, resultado que deu o título inédito à França. A equipe seria vice-campeã do mundo em 2022 após uma partida espetacular diante da Argentina no Catar. Já a Espanha deu a volta por cima e, em 2023, venceu a Nations League ao derrotar a Croácia na decisão.

Espanha 2×1 França – Semifinal da Eurocopa de 2024

Foto: Getty Images
 

Os titãs europeus se enfrentaram em outra fase decisiva de Eurocopa este ano, dessa vez na semifinal, na Allianz Arena, em Munique (ALE). Com um time rápido, eficiente e muito talentoso, a Espanha conseguiu diminuir a vantagem francesa em jogos oficiais com uma vitória de virada construída ainda no primeiro tempo. A França, com um grupo acostumado aos grandes jogos, abriu o placar aos 8′, com Kolo Muani. Sem se abater, a Fúria foi pra cima e empatou em um golaço de Lamine Yamal, de fora da área, aos 21′, o que fez dele o jogador mais jovem a marcar um gol na história da Eurocopa. Apenas quatro minutos depois, a Espanha virou em gol de Dani Olmo, em bela jogada dentro da área. Na segunda etapa, o cansaço físico pesou, a França não conseguiu ser objetiva, Mbappé não foi decisivo e a Espanha ficou com a vitória por 2 a 1 e a vaga na decisão.

Retrospecto

17 vitórias da Espanha

13 vitórias da França

7 empates

66 gols da Espanha

40 gols da França

Maiores goleadas:

Espanha 8×1 França, amistoso, 14 de abril de 1929

França 1×5 Espanha, amistoso, 19 de junho de 1949

França 0x4 Espanha, amistoso, 30 de abril de 1922

Espanha 4×0 França, amistoso, 15 de março de 1942

Licença Creative Commons
O trabalho Imortais do Futebol – textos do blog de Imortais do Futebol foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial – SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em imortaisdofutebol.com.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jogos Eternos – Brasil 0x3 França 1998

Jogos Eternos – Argentina 0x5 Colômbia 1993