in

Borussia Dortmund x Real Madrid: Todos os jogos na UEFA Champions League

 

Por Guilherme Diniz

 

Após vários encontros em fases eliminatórias e em etapas de grupos, Borussia Dortmund e Real Madrid fizeram uma final inédita na Liga dos Campeões da UEFA 2023-2024. Contando a decisão, alemães e espanhóis já realizaram 15 jogos na competição, com 7 vitórias do Real, 3 vitórias do Borussia e 5 empates. Confira a seguir todos esses duelos!

 

1997-1998 – Semifinal

Real Madrid 2×0 Borussia Dortmund, Santiago Bernabéu

Borussia Dortmund 0x0 Real Madrid, Signal Iduna Park

 

Campeão na temporada 1996-1997, o Borussia tinha praticamente a mesma base da época anterior e trilhou o caminho até a semifinal após liderar seu grupo na primeira fase e eliminar o rival Bayern München nas quartas de final (na época, ainda não havia a etapa oitavas de final). Do outro lado, o Real queria acabar com o jejum de mais de 30 anos sem vencer a UCL e, depois de liderar seu grupo, passou pelo Bayer Leverkusen nas quartas de final e enfrentou o Borussia na semi. No primeiro jogo, em Madri, Morientes e Karembeu fizeram os gols da vitória por 2 a 0 que deram enorme vantagem à equipe comandada por Jupp Heynckes. Na volta, em Dortmund, o Real fez um jogo para não correr riscos, contou com ótima atuação de seu meio de campo (que tinha “só” Redondo e Seedorf) e garantiu a vaga na final. Nela, os merengues venceram a Juventus e levantaram a Velhinha Orelhuda após 32 anos.

 

2002-2003 – Fase de grupos

Real Madrid 2×1 Borussia Dortmund, Santiago Bernabéu

Borussia Dortmund 1×1 Real Madrid, Signal Iduna Park

 

A UCL daquela temporada tinha duas fases de grupos e era bem diferente do formato atual. O Borussia avançou juntamente com o Arsenal no grupo A, despachando Auxerre e PSV, e encontrou o Real Madrid, campeão na época anterior, no Grupo C da segunda fase, após os merengues superarem Roma, AEK Atenas e Genk. No duelo do primeiro turno, em Madri, Koller abriu o placar para os aurinegros no primeiro tempo, mas Raúl, no finalzinho da primeira etapa, e Ronaldo, já no segundo tempo, viraram para 2 a 1. No returno, o Borussia voltou a sair na frente do placar com Koller, mas o Real empatou no final do jogo com Portillo, após assistência de Zidane, resultado que complicou bastante a vida dos alemães. Na sequência do grupo, eles ainda venceram o Lokomotive por 3 a 0 e o Milan em pleno San Siro (1 a 0), mas as duas vagas ficaram com Real Madrid e Milan. O clube italiano foi o campeão daquela temporada.

 

2012-2013 – Fase de grupos / Semifinal

Fase de grupos

Borussia Dortmund 2×1 Real Madrid, Signal Iduna Park

Real Madrid 2×2 Borussia Dortmund, Santiago Bernabéu

 

Semifinal

Borussia Dortmund 4×1 Real Madrid, Signal Iduna Park

Real Madrid 2×0 Borussia Dortmund, Santiago Bernabéu

 

Os duelos mais marcantes entre a dupla aconteceram na temporada 2012-2013, quando se encontraram em quatro oportunidades. O Borussia vinha em fase esplendorosa, comandado por Jürgen Klopp e com Lewandowski em grande fase. Já o Real ainda tentava se encontrar nas competições europeias, com Cristiano Ronaldo, Benzema, Di María, Xabi Alonso e companhia, comandados por José Mourinho. Na fase de grupos, os aurinegros demonstraram força ofensiva e muita garra na vitória por 2 a 1 no Signal Iduna Park, gols de Lewandowski e Schmelzer. No returno, em Madri, o Borussia segurou o empate em 2 a 2 com os merengues e encaminhou sua classificação.

A dupla voltou a se encontrar na semifinal e o Signal Iduna Park estava diferente naquela noite do dia 24 de abril de 2013. Mais de 65 mil pessoas transformaram o caldeirão de Dortmund num inferno amarelo. Fumaça. Gritos. Intimidação. Era um verdadeiro alçapão pronto para devorar o Real Madrid. E, desde o início, os onze jogadores que vestiam o amarelo e preto dentro de campo fizeram jus àquela força descomunal da torcida na arquibancada. E, em especial, um jogador: Lewandowski. Aos oito minutos, o polonês completou de carrinho um cruzamento de Götze pela esquerda e fez 1 a 0. Dali em diante, velocidade, tabelinhas e o estilo de jogo inconfundível daquele time deixaram o Real atordoado. No final do primeiro tempo, os merengues ainda empataram com Cristiano Ronaldo, mas, na segunda etapa, o Borussia voou. 

 

O Marca (ESP) brinca com o nome de Lewandowski e a “paliza” que ele deu no Real (o termo “paliza”, no linguajar esportivo espanhol, é quando um time dá uma aula, uma surra no adversário).

 

Logo aos cinco minutos, Lewandowski fez 2 a 1. Cinco minutos depois, o grandalhão superou dois defensores e chutou alto, sem chance para o goleiro: 3 a 1. E, aos 21’, o mesmo camisa 9 cobrou o pênalti sofrido por Reus e fez 4 a 1. Goleada alucinante em Dortmund. E uma atuação impressionante de Lewandowski – ou seria Le4andowski? -, que se tornava o primeiro a marcar quatro gols em uma semifinal de Liga dos Campeões na história. O Real nada pôde fazer. Não teve força para marcar mais um. Não teve futebol para tentar reverter. Ficou atônito com o volume de jogo do rival, que deu uma aula de futebol ofensivo e chocou os jornais espanhóis. 

Na volta, em Madri, muitos diziam que um “furacão” devastaria o Borussia, que a camisa do Real iria pesar e tudo mais. Porém, os merengues pararam na ótima marcação germânica e só conseguiram fazer alguma coisa nos minutos finais do jogo, quando Benzema e Sergio Ramos anotaram os gols da vitória por 2 a 0 que não foi capaz de dar a vaga ao Real. Depois de 16 anos, o Borussia estava em uma final da Liga dos Campeões. Mas, na final, a equipe perdeu para o rival Bayern em Wembley por 2 a 1 e sucumbiu na tentativa do bicampeonato. 

 

2013-2014 – Quartas de final

Foto: Denis Doyle / Getty Images.

 

Real Madrid 3×0 Borussia Dortmund, Santiago Bernabéu

Borussia Dortmund 2×0 Real Madrid, Signal Iduna Park

 

Na trajetória de La Décima, o Real conseguiu já na temporada seguinte a chance da revanche. Nas quartas de final, os merengues sabiam que o duelo da ida, em Madri, era essencial para enfrentar a pressão da Muralha Amarela na volta. E os espanhóis conseguiram uma vitória enorme por 3 a 0, com gols de Isco, Bale e Cristiano Ronaldo. Na volta, o craque português acabou poupado por causa dos problemas musculares que vinha sofrendo e o time temeu pelo pior quando Reus anotou duas vezes nos 2 a 0 para os alemães ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, chances para ambos os lados, gols incríveis perdidos e o placar acabou assim mesmo. Melhor para o Real, que despachou o algoz e se classificou para a semifinal.

 

2016-2017 – Fase de grupos

Foto: AFP PHOTO / PIERRE-PHILIPPE MARCOU

 

Borussia Dortmund 2×2 Real Madrid, Signal Iduna Park

Real Madrid 2×2 Borussia Dortmund, Santiago Bernabéu

 

Na trajetória de mais um título europeu, o Real não conseguiu vencer o Borussia nos dois jogos que fez na fase de grupos da temporada 2016-2017. No turno, em Dortmund, Cristiano Ronaldo marcou o primeiro gol merengue, mas Aubameyang empatou. Na segunda etapa, Varane deixou o Real na frente de novo e Schürrle empatou faltando dois minutos para o fim. No returno, em Madri, Benzema fez os gols da vantagem por 2 a 0 do Real, só que o Borussia não se deu por vencido e empatou com Aubameyang e Reus. O empate classificou o Borussia em primeiro lugar, com o Real em segundo. Na etapa seguinte, os alemães acabaram eliminados nas quartas de final pelo grande Monaco de Mbappé, enquanto o Real foi campeão.

 

2017-2018 – Fase de grupos

Borussia Dortmund 1×3 Real Madrid, Signal Iduna Park

Real Madrid 3×2 Borussia Dortmund, Santiago Bernabéu

 

Após anos de duelos acirrados, os merengues provaram que viviam melhor fase e venceram os dois jogos contra os aurinegros na temporada do tricampeonato consecutivo da UCL. No turno do Grupo H, em Dortmund, Bale abriu o placar, aos 18’ do primeiro tempo, e Cristiano Ronaldo fez o segundo gol no começo da etapa complementar. Quatro minutos depois, Aubameyang descontou, mas a “máquina de golos” CR7 fez mais um e fechou o placar em 3 a 1, na primeira vitória madrilena dentro do Signal Iduna Park. No returno, os espanhóis jogaram para o gasto e venceram por 3 a 2 (gols de Mayoral, Cristiano Ronaldo e Lucas Vázquez, com Aubameyang descontando para os alemães), em duelo que não valia praticamente nada para o Dortmund, já eliminado com uma péssima campanha – apenas dois pontos em seis jogos.

 

2023-2024 – Final

Borussia Dortmund 0x2 Real Madrid

Enfim, a dupla se enfrentou em uma decisão europeia na temporada 2023-2024. Por não perder uma final de UCL desde 1981 – desde então, foram 8 finais e 8 vitórias (!) – o Real Madrid era o favorito para levantar sua 15ª taça, enquanto o Borussia se apegava à união de seu grupo e ao “lado carrasco” de Reus para tentar erguer o bicampeonato. O duelo aconteceu em Wembley, mesmo local onde os aurinegros perderam a final de 2013. No primeiro tempo, o Borussia amassou os merengues, mas perderam muitas chances de gol. E, em final europeia contra o Real, isso é fatal. Na segunda etapa, Carvajal fez 1 a 0. Tempo depois, Vini Jr anotou o segundo. Pronto. Real campeão mais uma vez. Pela primeira vez em Wembley. Borussia, vice. De novo em Wembley…

 

Curiosidades:

 

  • Cristiano Ronaldo (Real Madrid), com 8 gols, é o maior artilheiro da história do confronto. Depois dele, destaque para Lewandowski (Borussia), com 5 gols, Aubameyang (Borussia), também com 5 gols, e Reus (Borussia), com 4 gols;
  • Nos 15 jogos até hoje entre a dupla, o Real Madrid marcou 26 gols, enquanto o Borussia Dortmund anotou 19;
  • Apenas uma partida terminou sem gols até hoje: o segundo jogo da semifinal de 1997-1998;
  • O Real conseguiu derrotar o Borussia na Alemanha uma vez (2017-2018), mas o Borussia nunca conseguiu derrotar o Real no Santiago Bernabéu.

 

Licença Creative Commons
O trabalho Imortais do Futebol – textos do blog de Imortais do Futebol foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial – SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em imortaisdofutebol.com.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Um Comentário

  1. Parabens pelo texto guilherme realmente os 4 gols do lewa em 2013 foram demais.eu vendo o jogo com a familia e a cada gol um olhava pro outro com cara de espanto foi muito legal mesmo.agora wembley sem real campeao seria injusto para com a historia mas o borussia esta no pareo.vamos ver

Comparativo entre Slots de Alta e Baixa Volatilidade: Qual Escolher?

Vire o Jogo a Seu Favor com Vai de Bet Brasil