in

As Maiores Torcidas do Brasil

Foto: Divulgação / O Globo
Foto: Divulgação / O Globo

 

Uma pesquisa inédita divulgada pelo jornal O Globo, em parceria com o Ipec – instituto formado por executivos que fizeram parte do Ibope -, mostrou os dados atualizados das maiores torcidas do Brasil. Como sabemos há décadas, Flamengo e Corinthians seguem absolutos na liderança com 21,8% e 15,5%, respectivamente, da preferência dos amantes do futebol. Na terceira posição vem o São Paulo, com 8,2%, seguido do Palmeiras (7,4%) e Vasco (4,2%). Como existe uma margem de erro de dois pontos percentuais, há um empate técnico na terceira colocação. A pesquisa contou com 2 mil entrevistas presenciais em 126 municípios de todo o país, entre os dias 1º e 5 de julho de 2022. 

Veja os principais colocados:

 

1º Flamengo – 21,8%

2º Corinthians – 15,5%

3º São Paulo – 8,2%

 

4º Palmeiras – 7,4%

 

5º Vasco – 4,2%

 

6º Grêmio – 3,2%

7º Cruzeiro – 3,1%

8º Internacional – 2,2%

9º  Santos – 2,2%

 

10º Atlético-MG – 2,1%

11º Bahia – 1,7%

12º Botafogo – 1,3%

13º Fortaleza – 1,3%

14º Sport – 1,2%

 

15º Fluminense – 1,1%

 

16º Paysandu – 0,9%

 

17º Ceará – 0,8%

 

18º Vitória – 0,7%

 

19º Seleção Brasileira (apenas para ela, sem gosto por nenhum clube) – 0,7%

20º Santa Cruz – 0,6%

 

21º Athletico Paranaense – 0,5%

 

22º América-MG – 0,4%

 

23º Clube do Remo – 0,4%

 

24º Goiás – 0,3%

 

25º Botafogo-SP – 0,3%

 

26º Coritiba – 0,3%

Curiosidades

 

É interessante observar a evolução no ranking de torcidas no Brasil. Em 1983, a revista Placar publicou sua primeira pesquisa sobre o assunto e os líderes eram os mesmos – Flamengo e Corinthians. Porém, na terceira posição, o Palmeiras estava empatado com o Vasco, enquanto o São Paulo, atual 3º colocado, aparecia apenas na 7ª posição. O tricolor evoluiu bastante após a década de 1990, quando esquadrão de Telê Santana impulsionou milhões de novos torcedores graças aos títulos em profusão levantados entre 1991 e 1994 – em 1993, o tricolor paulista já subiu para o terceiro lugar.

 

 

Comparando com 1983, os clubes que mais caíram na tabela de torcidas foram Botafogo, Atlético e Santos, que viveram períodos complicados sem títulos e só conseguiram uma nova guinada de torcedores nos anos 2000 e 2010. Quem subiu bastante de 1983 para cá foi o Cruzeiro, que viveu grandes momentos nos anos 1990, 2000 e parte da de 2010. O Grêmio fico praticamente estável dos anos 2000 para cá, em contraste com a queda brusca que sofreu no ranking de 1983 até 1993. Veja abaixo:

A evolução das pesquisas de 1983 até 2002.

 

 

Licença Creative Commons
O trabalho Imortais do Futebol – textos do blog de Imortais do Futebol foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial – SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em imortaisdofutebol.com.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Do sucesso à queda – Nuno Espírito Santo

Craque Imortal – Uwe Seeler